A.·. A.·.
Menu » Probacionista » Apêndice » Kenneth Grant » Túneis de Set
A+-
Probacionista

tuneis de set

 

Segundo Grant: "uma rede de células oníricas no subconsciente humano".

Os Túneis de Set são os equivalentes qliphoticos dos 22 caminhos da Árvore da Vida. Na segunda parte do seu livro Nightside of Eden, Grant descreve uma forma de projeção do "Psiconauta" nesses caminhos relacionando com conceitos próprios como os Kalas e também Liber CCXXXI.

A numeração dos túneis é feita somando 11 a carta do tarô correspondente. Aqui seguem-se essas descrições:

11º Caminho - Amprodias.

" O décimo primeiro caminho ou kala é atribuido ao elemento Ar e seu aspecto negativo é o demônio ou sombra chamado Amprodias. ... Essa sombra deve ser invocada vibrando o nome Amprodias na chave do ´ E ` ( Nota 1: deverá ser pronunciado de forma semelhante a um susurrar pronunciado via um tubo estreito, tipo apito)... O sigilo de Amprodias mostra uma boca aberta típica do útero que profere a Palavra".

12º Caminho - Baratchial.

" O décimo segundo caminho ou kala é atribuído ao palneta Mercúrio e sua sombra aglutina-se na forma de Baratchial. O nome Baratchial deverá ser vibrado na chave de ´E ´, acompanhando uma ´tagarelada ´ ou ´risada ´ de características inconstantes. Esse é o kala dos Feiticeiros.. que transmitem a luz oriunda diretamente do além Kether para Saturno via a fórmula da dualidade... o poder mágico....os segredos dos kalas do vazio, e dessa Corrente de Kalinian que é obitida no mundo da anti-luz... ".

13º Caminho - Gargophias.

" O décimo terceiro caminho é obtido com o kala lunar. O nome dessa sombra-guardiã é Gargophias que deverá ser vibrado ou ´uivado ´em repetições regulares na chave do ´G ´ agudo. ( Nota 1: A natureza líquida dessa entidade sugere que a evocação seja acompanhada por algum instrumento de fio como videira, a citara ou arpa) O sigilo de Gargophias mostra uma espada em pé com um olho em cada lado da lâmina em cima de um ovo e uam lua crecente. A espada é tipíco da Mulher como o primeiro que corta em dois.. Os dois olhos representam a lunação dual, com ênfase no período do eclípse. "

14º Caminho - Dagdagiel.

" O décimo quarto caminho é relacionado com o kala de Vêus.. O nome da sentinela é Dagdagiel. Ela deve ser evocada vibrando seu nome na chave do ´F ´ agudo acompanhado por um susurrar ou um som pululante... O sigilo de Dagdagiel mostra uma letra Daleth inversa e na forma de uma forca com um triângulo invertido pendurado acima das letras A VD.. o triângulo é a pirâmide invertida posta no Abismo com o seu cume no vazio (ain), pois seu túnel equivalente está refletido nos golfos além de Kether. "

15º Caminho - Hemethterith.

" O décimo quinto túnel é iluminado pelo kala da Estrela... o Guardião deste Pilão é Hemethterith que pode ser evocado vibrando o seu nome na chave do ´A ´agudo, de forma quase inaudível... o sigilo Dela... sugere uma face acima de três cruzes igualmente armadas dispostas na forma de um triângulo descendente com duas formas serpentinas separando-as "

16º Caminho - Uriens.

" O décimo sexto caminho transmite a influência do Hierofante e seu túnel é vigiado pelo demônio Uriens que é evocado pela vibração de seu nome na chave do ´C ´agudo. O nome deverá ser rugido ou berrado. seu sigilo.. mostra uma figura com sete armas.. um glifo da Àrvore da Vida. Possui relevância aos mundos abaixo do abismo. O ADMIRON ( O Sangrento) são as QLIPHOTH atribuidas ao túnel de Uriens... (Eles) aglomeram-se através dos desolados locais do vazio deixando o ´rico suco marrom ´ da aniquilação em seus rastros."

17º Caminho - Zamradiel.

" O décimo sétimo caminho transmite a influência dos Amantes. É um túnel vigiado por Zamradiel que é evocado pela vibração de seu nome ma chave do `D ´. O som deverá ser rouco.. O sigilo de Zamradiel é composto por uma lua crescente transpassada por uma flecha atirada de um arco, ambos terminando numa letra G... o veículo pelo qual a travessia é alcançada.. a letra da Alta Sacerdotisa... O décimo sétimo kala é carregado fortemente com a atmosfera de Daath... "

18º Caminho - Characith.

" O décimo oitavo caminho está sobre regêcia de Câncer. Esse túnel é vigiado por Characith.. o sigilo de Characith... mostra uma múmia deitada coberta por um ser de cabeça-de-camelo saindo de seus pés. O nome de Characith deverá ser vibrado na chave do ´D ´agudo acompanhado pelo som peculiar de que das de fonets mágicas ou cachoeiras. "

19º Caminho - Temphioth.

" O décimo nono túnel é vigiado pelo demônio Temphioth cujo número é 610. A influência predominante é do leão-serpente, teth, um glifo do espermatozóide que é mostrado no sigilo na forma de quatro vésicas pendendo de uma forma serpentina ligada a uma cabeça e besta.. O nome de Temphioth deverá ser vibrado na chave do ´E ´com um rugido, força explosiva soprada atrás. Essa é a raiz vibracional ( bija mantra) da fêmea..."

20º Caminho - Yamatu.

" O vigésimo Túnel está sob a égide de Yamatu cujo nome deverá ser pronunciado usando a chave do ´F `, em nível mais baixo e com suspirar ou subtons murmurantes ... O sigilo de Yamatu é um segredo cifrado de Set. Ele mostra uma cruz invertida que significa o passagem subterrânea ou travessia em Amenta... "

21º Caminho - Kurgasiax.

" O vigésimo primeiro kala é dominado por Júpter e é vigiado por um guardião do Túnel chamado Kurgasiax cujo nome deverá possuir uma pronúncia imperativa na chave do ´A ´ agudo... o sigilo de Kurgasiax mostra uma esfera com chifres ( ou lua crescente) e inscrito uma cruz perfeita no topo de uma linha terminada em três apêndices. A cruz com o círculo e a Marca de Set que denota um local de travessia indicado pelo norte polar ou eixo, i.e. Daath, o Portal do Abismo... O Senhor das Forças da Vida,... transforma-se na Senhora das Forças da Morte... "

22º Caminho - Lafcursiax

" O vigésimo segundo Raio aparece atrás da Árvore no túnel guardado por Lafcursiax... Ela atende a prolongada vibração de seu nome no ´F ´ agudo (registro superior)... o sigilo... um glifo do Desequilíbrio.... mostra um par de pratos de balança erguidas por um demônio trapaceiro com um semblante inane. A maão esquerda do demônio está na forma de um yod fechado em um círculo da onde cai obliquamente uma espada... Os pratos simbolizam a constelação de Libra que governa o Caminho 22..."

23º Caminho - Malkunofat.

" O vigésimo terceiro kala está sob o domínio de Malkunofat que habita as profundezas do abismo aquático. Ele pode ser despertado por um estridente chamado de seu nome na chave do ´G ´agudo (registro superior)... A chave para este glifo está no número 61... o número de Kali, Deusa do Tempo e Dissolução... este é o domicílio dos Profundos... o dragão das trevas cujo número é 5, sendo a fórmula da fêmea em sua forma lunar e noturna... "

24º Caminho - Niantiel.

" O vigésimo quarto Túnel está sob a influência de Escorpião e vigiado por Niantiel cuja numeração é 160. O nome desta Qlipha deverá ser pronunciada no ´G ´( menor registro) de modo a sugerir um caldeirão borbulhante de lava fundida, pois Marte é o poder planetário predominante. .. a despeitodo sigilo de Niantiel, é uma imagem da Morte com uma coroa de cinco raios suportando uma cruz controlada pela foice ao lado da Coroa de Set "

25º Caminho - Saksaksalim

" O vigésimo quinto raio ilumina o Túnel de Saksaksalim cujo número é 300 a cujo não-ser pode ser induzido a assumir uma forma pela vibração de um som alto de creptação elétrica na chave do ´G ´agudo... o simbolismo do grau 5=6 da Golden Dawn deverá ser estudado em conexão com o simbolismo deste túnel. "

26º Caminho - A'ano'nin

" O vigésimo sexto Túnel está sob o controle de A'ano'nin cujo número é 237. seu nome deverá ser proferido num tom rouco na chave do ´A`.. O sigilo de A'ano'nin mostra o Ur-heka sobrepujado pela cabeça de um sacerdote cercado pelas letras BKRN, que somadas resutam em 272."

27º Caminho - Parfaxitas

" O vigésimo sétimo Túnel está sob o controle de Parfaxitas cujo número é 450. Seu nome deverá ser vibrado numa nota de comando profunda e imperativa na chave do ´C ´( registro menor) e o som deverá lembrar um trovão.... A fórmula de Parfaxitas é aquela do VIIIº + ordo templi orientis , que comporta a assunção de formas astrais de animais para a retificação de energias atávicas...O sigilo de Parfaxitas descreve uma fortaleza com uma porta e duas janelas (olhos) suportados pelas letras SUE, cuja numeração é 71, o mesmo de LAM... "

28º Caminho - Tzuflifu

" O vigésimo oitavo túnel é guardado por Tzuflifu, cujo número é 302 e deve ser cantado na chave do ´A ´agudo.... O sigilo mostra um Padre ou Rei usando uma coroa fálica com o 'olho' protraindo....significando o surgir ou abertura do poder do phallus... "

29º Caminho - Qulielfi

" O vigésimo nono está sob a influência da lua e o lar da bruxa representado por Hekt, a deusa com cabeça de sapo e Senhora da Transformação. Qulielfi é a sentinela; seu número é 266 a seu nome deverá ser pronunciado na chave do 'B '... "

30º Caminho - Raflifu

" O trigésimo tunel está sob a égide de Raflifu cujo nome deverá ser vibrado melifluamente na chave do ´D ´... O sigilo de Raflifu mostra o tridente de chifres de Typhon ( ou Choronzon) flanqueado por machados ou signo de NETER e sobrepujado por um sol negro nos braçcos de uma lua crescente... "

31º Caminho - Shalicu

" O trigésimo primeiro túnel está sob o domínio de Shalicu cujo nome deverá ser vibrado na chave do ´C´ em um sibilante e sinistro susurro.. O sigilo de Shalicu mostra... a placa que anuncia o fato de morte, julgamento e ressurreição. Isto inclui a tripla fórmula da Travessia do Abismo... "

32º Caminho - Thantifaxath

" O trigésimo segundo túnel está sob a égide de Thantifaxath ... cujo nome pode ser reverbado na chave do ´B ´ agudo como se estivesse nos buracos das profundezas chthnianas... O sigilo inclue a geomântica figura de Acquisitio que é atribuida ao número nove formado pelo ígneo sagitário - por isso da natureza elétrica de Thantifaxath e suas ocultas e subterrâneas células chthnianas..."

 

topo