A.·. A.·.
Menu » Estudante »Manifesto » Contato Inicial
A+-
Estudante

Contato Inicial

"... se tivesse que existir uma religião universal, ela não situaria-se no tempo ou no espaço, como o Deus a quem iria reverenciar e cujo sol brilharia sobre as flores de Krishna e de Cristo, sobre santos e pecadores, que ele não seria apenas dos Brâmanes ou Budistas, Cristãos ou Islâmicos, mas o de todos eles e ainda encontraria espaço para se expandir; que nessa catolicidade envolveria-os em seu infinito abraço sempre encontrando um lugar para cada ser humano, do mais primitivo, não interferindo em sua condição, ao mais evoluido, que se destaca pelas virtudes do seu espírito e do seu coração.

Seria uma religião onde não haveria lugar para perseguições ou intolerâncias, que reconheceria a divindade em cada homem e mulher, e cujo objetivo, com todas as suas forças, seria auxiliar à humanidade a encontrar sua própria verdade, divina natureza."

Swami Vivekananda, 1893 e.v

 

Caro (a) Irmão (ã),

 

93!

 

Da Apresentação

A A.·. A.·. é uma irmandade de homens e mulheres dedicada a evolução espiritual valendo-se dos princípios estabelecidos por Frater D.D.S. (George Cecil Jones) e Frater To Mega Therion (Aleister Crowley). A forma de trabalho é individual baseada no método guru-shishya paramparā, onde o iniciado é orientado por um instrutor não havendo reuniões grupais e, na medida do possível, contato com outros membros.

A Evolução Espiritual é um princípio nato na consciência humana, mas a sua didática é tão diversa quanto as culturas no planeta. Em relação a este método em particular, ele possui origem na Alemanha do séc. XVII com os movimentos derivados da divulgação de um panfleto chamado "Fama Fraternitatis, dess Löblichen Ordens des Rosnkreutzes" (A Declaração da Digna Ordem da Rosa-Cruz). Desse documento inúmeras sociedades secretas foram criadas ao longo dos anos, sendo uma delas na Inglaterra no final do sec. XIX chamada Golden Dawn (Aurora Dourada). Seus fundadores herdaram e complementaram uma forma de desenvolvimento espiritual calcada, principalmente, na Cabala Judáica. Desse grupo surgiu um iniciado chamado Aleister Crowley que, após o fechamento da ordem, decidiu enveredar pelo seu próprio Caminho adicionando sistemas mágicos de outras culturas, como a Hindu, ao da Golden Dawn.  Em 1904, durante uma experiência iniciática, recebe o documento chamado Liber AL vel Legis (O Livro da Lei) que nortearia toda a sua vida dali em diante. Três anos depois, junto ao seu antigo instrutor na Golden Dawn, Frater D.D.S., funda a A.·. A.·. . A Fraternidade chegou ao Brasil em 1953 com um iniciado brasileiro, Frater Adjuvo cujo instrutor era Frater Saturnus o herdeiro mágico de To Mega Therion.

A A.·. A.·. possui as ferramentas para que o Buscador sério compreenda os mistérios da existência, onde o auto-conhecimento é o fio condutor do processo. É uma tarefa onde se toma contato com coisas terríveis e belas, maravilhosas e repulsivas, pois assim é a natureza humana. Existem várias etapas no processo e um dos estágios recebe o poético nome na A.·. A.·. de "Conhecimento e Conversação com o Sagrado Anjo Guardião". Esta experiência transcendental foi descrita de inúmeras maneiras e é conhecida por vários nomes sendo a chave para se alcançar a verdadeira Liberdade A  A.·. A.·. não cobra mensalidades para tal ou quaisquer outros tipos de taxas nem vende materiais. A única moeda exigida é o compromisso daquele que nos procura. Caso não o tenha a recompensa será no mesmo nível.

O único meio de divulgação deste círculo de Irmãos da Santa Ordem, relacionado a mesma é este sítio, www.astrumargentum.org, onde está exposto farto material para esclarecimento do candidato.  

 

Do Estudante

Cabe ao Estudante da  A.·. A.·. obter um conhecimento técnico mágico mínimo para poder iniciar sua Caminhada sob os princípios da Santa Ordem. Uma vez aceita a tarefa, após contato com um Neófito, receberá uma lista de livros para estudo e, após a conclusão, uma série de trabalhos a serem realizados durante o período mínimo de 6 meses com uma avaliação da matéria por vídeo (ou áudio) conferência ao final. Nada impede que o Estudante recorra a outras fontes para complementar seus estudos. Apenas lembrando que a A.·. A.·. não está ligada a nenhuma organização, grupo ou ordem, mágica ou não, do plano terrestre.

Para se iniciar o processo, o candidato deverá enviar pelo correio ao instrutor indicado, cópia autenticada da carteira de identidade (para comprovar a idade). Caso seja menor de 18 anos deverá enviar um termo de responsabilidade manifestando a ciência do responsável junto a uma cópia autenticada do RG do mesmo e da sua própria. Recomendo que ele comece pela leitura deste documento para então adentrar ao site aqui indicado. A A.·. A.·. reserva-se ao direito de recusar admissão sem dar satisfações. Admissão é somente como Estudante , veja Uma Estrela à Vista (e, para assuntos correlatos, Introdução à Thelema ).

 

Do Probacionista

Ao final do período de Estudante, sendo da Vontade do candidato, ele pode assinar o Juramento-tarefa do Probacionista. Não serão aceitos menores de 21 anos neste grau.

Para mais esclarecimentos técnicos sobre a Santa Ordem consultar os livros 13, 185 e Uma Estrela a Vista neste sítio, www.astrumargentum.org. Na A.·. A.·. a pró-atividade é bem vista, por isso antes de expor todas as suas dúvidas iniciais procure a resposta para elas no site supracitado que, com toda certeza, poderá esclarecer várias questões rapidamente.

Do Pedido de Ingresso

Enviar uma carta para o Cancellarius da A.·. A.·., Caixa Postal 81.666 - CEP: 27511-171 Resende, RJ - Brasil. Nela expor seus motivos para trabalhar com o método da Ordem junto a alguma informação relevante sobre o seu contato com magia. Após a resposta o candidato será direcionado a um instrutor da Santa Ordem para que continue a Jornada se assim aceito.

 

93,93/93

 

Fraternalmente,

Fr. KALIMANN, 5° = 6□
Cancellarius

 

topo